fbpx

REGANHO DE PESO

Atualmente no Brasil se realiza mais de 100 mil cirurgias bariátricas por ano. Infelizmente mais de 40 mil delas voltarão a ganhar peso após algum tempo de cirurgia. Isso não é falha da cirurgia, mas a presença da doença chamada obesidade.

Não importa o método que você usou para emagrecer, o fantasma do reganho de peso assusta a todos, especialmente aqueles que não promoveram mudanças importantes no estilo de vida. Tanto menos agressivo for o método, maiores serão as chances de reganho. Mas mesmo sofrendo mutilações cirúrgicas não há garantias que isso não possa acontecer.

PERDA E REGANHO

A depender da cirurgia realizada pode ainda haver algumas soluções paliativas, para tentar parar o reganho ou mesmo perder o peso reganhado. Na cirurgia de Bypass/Capella é possivel realizar o plasma de argônio ou até mesmo a sutura endoscópica; Para outras cirurgias, só nos resta a gastroplastia redutora endoscópica revisional, com sutura do estômago remanescente, se possível. Uma outra opção, para alguns pacientes, é uma nova cirurgia ou a recirurgia bariátrica, mas isso além de arriscado é sempre evitado pelos cirurgiões.

Conheça esses métodos endoscópicos nessa página e venha numa avaliação para saber se você é ou não candidato à uma correção da sua cirurgia.